segunda-feira, fevereiro 09, 2009

O Sp. Braga e os grandes

O que se passou nos jogos do Sp. Braga com o Benfica, F.C. Porto e Sporting, reflete o que é este campeonato e quem pode ou não ser campeão esta época.
No jogo de ontem há três situações duvidosas, assinaladas contra o nosso clube, que se fossem assinaladas ao contrário, em jogos dos nossos adversários e a favor deles, para os comentadores da nossa praça, também estariam bem assinaladas.
A favor de nós é que não marcam.
A saber:
6´48´´ - Fora de jogo assinalado a Derlei, ( José Luís Melo – o benfiquista de Valongo), mais que duvidoso quando se isolava.
(A RTP nem colocou a linha no ecrã, defeito da realização!? )
77´- Falta para penalty sobre Vucksevic ( “ nas barbas de José Ramalho)
83´- Golo assinalado por José Luís Melo, que não estava no enfiamento da linha final, e que considerou que a bola entrou completamente na baliza.
A isto acrescenta:
- Dois cartões amarelos perdoados a Luís Aguiar:
3´05´´ - Por impedir contra ataque a Rochemback
47´- Carga violenta sobre Moutinho, que até se ouviu nas bancadas e nas barbas de Duarte Gomes, o 4.º árbitro.
- José Ramalho cortou as jogadas com foras de jogo inexistentes a:
60´- João Moutinho ( A RTP também não colocou as linha na imagem)
84´- Tiuí ( escandaloso)
87´- Derlei
Sabendo nós, que os nossos rivais ganharam ao SP. Braga com golos fora de jogo e penaltys perdoados, está demonstrado quem pode ser campeão e sobretudo o erro em que caem os nossos dirigentes ao se subjugarem a Joaquim Oliveira e Pinto da Costa.
Desejo ardentemente que apareça alguém com “ eles no sítio” para tomarem conta do nosso clube, se é que ainda vão a tempo.

7 comentários:

Virgílio Bernardino disse...

Os jogos do Braga contra os chamados três grandes são bem exemplificativos de como funciona a lógica dos ‘bois pretos’ do apito e de toda a estrutura que os apoia: em caso de dúvida apita-se a favor dos protegidos de sempre (slb) e daqueloutros que conseguiram nas últimas três décadas, com base no que a nossa gastronomia tem de melhor, contrariar e, ocasionalmente, inverter tamanha tendência (fcp). Ora esta regra impõe que no caso do único clube que poderá ameaçar esta lógica de favorecimento do poder - o nosso Sporting-, se apite quase sempre contra em caso de dúvida. É esta a lógica corrente e foi assim, mais uma vez, ontem. Em caso de dúvida, o apito soou dessa forma. Repare-se que, bem ou mal, em todos os lances de difícil julgamento ou mesmo polémicos de ontem, a gajo do apito decidiu sempre nesse sentido! Repito: em TODOS e SEMPRE! Coincidência?... Acredite quem quiser…

SL!

joaquim agostinho disse...

Virgílio Bernardino
É pena que o nosso clube não tenha ninguém para denunciar e fazer barulho, como fazem os lampiões e os tripeiros quando as coisas não lhes correm bem.
SL

Leão de Alvalade disse...

Caro Joaquim:
Excelente e oportuno post!

Parece que estamos condenados a pregar no deserto sozinhos. É verdade que jogamos pouco mas a penalização por isso tem de decorrer das incidências naturais e legais do jogo, não competindo ao árbitro introduzir a justiça no resultado.

É por esta demissão ou incúria dos nossos dirigentes que depois nos tratam sem o respeito que nos é devido e sem o medo que sentem pelos outros.

Todo o cenário estava previamente montado para, na dúvida, ajuízar a favor do Braga e assim foi durante o jogo. Recordo-me apenas de um hipotético erro do árbitro quando Rochenback perdeu uma bola numa transição de faz falta de forma infantil.

Por último dir-lhe-ei que me pareceu falta sobre derlei no 1º golo e sobre o 3º acrescentaria que a posição de Izmailov impediria o ajuizamento do lance por parte do juiz de linha.

joaquim agostinho disse...

Leão de Alvalade
Vi a gravação do jogo e repeti muitas vezes esses lances.
No primeiro golo parece - me que o Meyong é mais rápido e se antecipa ao Derlei e depois é que toca no pé deste.
No lance que pareceu falta sobre o o Vuc e que deu o 2. golo parece que o Matheus toca primeiro na bola.
Não duvido que todos esses lances seriam marcados contra nós se fosse ao contrário.
Abraço

Anónimo disse...

Meu caro amigo J.A. a única cóisa que eu vi Duvidosa fói o mizerabilismo futebol que a nossa equipe praticou. Com esta Seita não vamos a lado nenhum.Roca,Abel Tiui,P.Silva Romanhol,Rony é só lixo,eu axo que estão a mais no S C P .E o Paulo Bandalho Que vá para Espanha,Pró Porto,já não engana ninguem.

joaquim agostinho disse...

Anónimo
É nestas alturas de menor acerto que as arbitragens são decisivas.
Quando jogamos bem eles não nos conseguem prejudicar com facilidade.

Francisco disse...

Muito bom post, esclarecer e revelador da realidade do futebol português. Aos amigos sportinguistas que se insurgem contra Paulo Bento, apetece-me pedir que tenham vergonha na cara, que outro treinador no Sporting ganhou mais do que ele nos últimos anos??? E convém não esquecer o que não ganharia com arbitragens decentes.... Saudações Leoninas, e força Sporting só todos unidos faremos a diferença.